h1

Primeirão

março 5, 2010

Arquivo Placar

Michel Laurence é daqueles sujeitos que cativam quem está por perto, com histórias incríveis sobre o esporte brasileiro. Sem exagero, ele é referência no jornalismo esportivo brasileiro.

Michel foi o primeiro repórter contratado de Placar em 1969, alguns meses antes da primeira edição desembarcar nas bancas em 20 de março de 1970. Vinha com um currículo recheado de bons serviços prestados ao esporte e um prêmio Esso. Em Placar, criou a Bola de Prata e, por isso, varou muitas madrugadas de domingo para segunda-feira atualizando a mão as notas de todos os jogadores enviadas pelas sucursais da revista Brasil afora. Um trabalhão, mas que era recompensado pela satisfação de ver na terça-feira o ranking prontinho e atualizado na edição em banca. Além disso tudo, foi o criador do Globo Esporte e do Esporte Espetacular, na TV Globo. E, sim, é pai do repórter Bruno Laurence.

Nós o entrevistamos no apartamento dele em Higienópolis, bairro da zona Oeste de São Paulo (ainda tá lá, Michel?). Na sala não tinham muitos quadros ou apetrechos, mas um detalhe chamou muito a atenção. A Bola de Prata, praticamente solitária mas muito reluzente, homenagem que ele havia recebido da redação de Placar alguns anos antes.

Como primeirão de Placar, Michel merece toda a reverência. Aliás, por isso e por tudo o que fez. Quem já o conhece, pode visitá-lo no http://colunistas.ig.com.br/jogoquaseperfeito. E quem nunca leu um texto dele, não sabe o que está perdendo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: